InícioPolíticaGeraldo Alckmin formaliza gabinete de transição com 31 grupos de trabalhos e...

Geraldo Alckmin formaliza gabinete de transição com 31 grupos de trabalhos e nomes técnicos e políticos

Governo eleito vai criar 'conselho político' para juntar partidos que estiveram coligados a Lula e outros partidos que formalizaram apoio após a vitória do ex-presidente

O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), declarou o início formal do governo de transição nesta terça-feira, 8, em Brasília.

Por meio de três portarias assinadas por ele, foram nomeados para um “conselho político” membros como Antonio Brito (PSD), Carlos Siqueira (PSB), Daniel Tourinho (Agir),  Felipe Espírito Santo (Pros), Gleisi Hoffmann (PT), Guilherme Ítalo (Avante), Jeferson Coriteac (Solidariedade), José Luiz Penna (PV), Juliano Medeiros (PSOL), Luciana Santos (PCdoB), Wesley Diogenes (Rede) e Wolnei Queiroz (PDT).

Além disso, Alckmin nomeou Aloizio Mercadante como coordenador do grupo técnico do gabinete; Floriano Pesaro como coordenador-executivo do gabinete e Gleisi Hoffmann como coordenadora da articulação política do gabinete de transição.

O grupo técnico da economia será composto por André Lara Resende, Guilherme Mello, Nelson Barbosa e Persio Arida. Já o de assistência social conta com a participação da ex-candidata à presidência da República, Simone Tebet, Márcia Lopes, Tereza Campello e André Quintão.

Sobre quem vai ocupar os cargos nos ministérios, o vice-presidente eleito afirmou que as nomeações do governo de transição não estão necessariamente relacionadas aos postos nos ministérios. “Podem participar, podem não participar, mas são questões bastante distintas”, disse.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE