InícioBrasilA Secretaria de Educação de Santa Catarina investiga 43 professores por assédio...

A Secretaria de Educação de Santa Catarina investiga 43 professores por assédio em escolas

Servidores passam por processos administrativos

Foi nomeada uma comissão de investigação para cada caso. Eles  envolvem crianças e adolescentes de escolas estaduais e vão desde comentários e toques inapropriados contra alunas até a ida de servidores com estudantes da educação básica para motéis.

O perfil dos assediadores é formado na maioria por homens e envolve professores admitidos em caráter temporário. Já mulheres teriam cometido ao menos outros quatro casos.

34 vítimas são meninas, 3 são meninos e os outros 6 episódios envolveram alunos em geral. O primeiro episódio suspeito foi no fim de janeiro e o mais recente em 19 de setembro.

Algumas investigações estão de forma resumida sem expor nomes de alunos nem dos servidores investigados, outras são mais detalhadas. São comuns casos envolvendo comentários de cunho sexual e gestos inadequados por parte dos professores. 

Cada professor sob suspeita pode ser preventivamente afastado da função ao longo do processo administrativo em que é investigado.

As investigações nas escolas podem ainda avançar para o âmbito penal, desde que ganhe, por exemplo, um boletim de ocorrência e, assim, passe a ser também alvo de apuração da polícia civil. 

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE