InícioDFDois homens morreram em acidente de trabalho dentro de uma cisterna

Dois homens morreram em acidente de trabalho dentro de uma cisterna

Três vítimas entraram em parada cardiorrespiratória e passaram por processo de reanimação. Dois dos socorridos foram levados ao Hospital de Base do Distrito Federal (hbdf), mas outros dois operários morreram no local

Dois homens morreram após um acidente de trabalho em uma cisterna do residencial Santorini, localizado em Águas Claras.

De acordo com o subtenente Cidemar do Corpo de Bombeiros Militares do Distrito Federal (CBMDF), cinco homens trabalhavam na cisterna de sete metros de profundidade. Lá dentro, a água chegava a cerca 1,5m. Um dos operários estava do lado de fora e não precisou de atendimento, os outros quatro, como estavam na parte de dentro, foram socorridos. Os homens chegaram a ficar inconscientes

Três vítimas entraram em parada cardiorrespiratória e passaram por processo de reanimação. Dois dos socorridos foram levados ao Hospital de Base do Distrito Federal (hbdf), mas outros dois operários morreram no local.

Conforme o subtenente, esse tipo de ambiente acumula material orgânico e pode intoxicar as pessoas. “Ambientes como esse que acabam acumulando material orgânico, com o passar do tempo, esse material começa a emitir gases que podem intoxicar pessoas, somado a isso, ainda, as pessoas que trabalhavam no interior da cisterna utilizavam um equipamento com um motor movido à combustão, esse motor queima combustível ele acaba exalando gases que podem intoxicar as pessoas”, explicou.

O especialista em segurança do trabalho, Eduardo Freitas Sampaio, explica o que fazer para evitar acidentes dessa natureza. “A melhor forma de combater a ocorrência dos acidentes é a alta administração das empresas entenderem as medidas de saúde e segurança do trabalho como um investimento e não como uma despesa. As medidas mais comuns para evitar que esse tipo de acidente aconteça é a capacitação dos trabalhadores, considerando aquilo que consta nas normas regulamentadoras”, pontuou.

Agora, a Polícia Civil investiga o caso.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE