InícioPolíticaSem apoio partidário, Zélio Maia renuncia candidatura à Câmara dos Deputados pelo...

Sem apoio partidário, Zélio Maia renuncia candidatura à Câmara dos Deputados pelo Distrito Federal

Ex-diretor-presidente do Detran é filiado ao MDB e recebeu doação de R$ 400 mil frente a outras doações milionárias a correligionários

Faltando cinco dias para as eleições, o ex-diretor-presidente do Detran do Distrito Federal, Zélio Maia, decidiu renunciar a sua candidatura a deputado federal pelo MDB. O motivo, segundo externou em nota oficial, é a falta de apoio do partido e os parcos recursos financeiros que foram doados à sua campanha por meio do fundo partidário.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato recebeu nesses quase 45 dias de campanha o montante de R$ 400 mil, que não reflete o apoio prometido a ele para seu projeto de eleição, segundo a nota oficial.

“Acredito que o fundo partidário é uma forma democrática de igualizar os desiguais onde a campanha, que sempre é cara, poderá ser desenvolvida em bases menos desiguais.
Após uma pré-campanha contagiante, não encontrei no partido o apoio que me foi prometido no início e ainda, em três oportunidades, firmamos compromissos que não foi, nenhum, honrado. Minha vida sempre foi pautada na honestidade e no cumprimento da palavra, o que não encontrei no partido.”, diz Zélio, em nota.

O candidato acrescenta que, diante disso, ele não teve outra alternativa senão retirar seu nome da disputa para honrar sua história de vida e biografia. Ele reitera, no entanto, seu apoio irrestrito à reeleição do governador Ibaneis Rocha, que é do MDB.

Parcos recursos

Assim como Zélio, outros candidatos do MDB que disputam uma vaga na Câmara dos Deputados receberam poucos recursos do fundo partidário em suas campanhas, a exemplo de Professor Fábio, também com R$ 400 mil e Amanda Ramalho, que recebeu R$ 50 mil.

Enquanto isso, a aposta do partido para chegar ao Parlamento federal, o deputado distrital Rafael Prudente, que é presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, recebeu R$ 2,5 milhões doados pelo MDB.

A direção do partido não comentou essa decisão de Zélio Maia

Leia nota na íntegra

Com base nos valores da honestidade, combate à corrupção e no compromisso da palavra, lançamos o projeto de candidatura para disputa do cargo de deputado federal, iniciando uma caminhada que superou nossas expectativas e ganhou as ruas do Distrito Federal.

Agora, no entanto, vejo-me obrigado a renunciar a esse projeto tendo em conta a necessidade de manter todos os valores que me fizeram acreditar na contribuição que poderíamos trazer na condição de Deputado Federal pelo Distrito Federal.

Acredito que o fundo partidário é uma forma democrática de igualizar os desiguais onde a campanha, que sempre é cara, poderá ser desenvolvida em bases menos desiguais.
Após uma pré-campanha contagiante, não encontrei no partido o apoio que me foi prometido no início e ainda, em três oportunidades, firmamos compromissos que não foi, nenhum, honrado.

Minha vida sempre foi pautada na honestidade e no cumprimento da palavra, o que não encontrei no partido.

Assim, não me restou outra alternativa senão retirar minha candidatura, tendo em conta o conflito estabelecido relativo a temas importantes para uma caminhada democrática.
Agradeço a todos que acreditaram no projeto e que nos prestaram apoio nessa jornada.

Ressalto, nesta oportunidade, meu irrestrito apoio ao Governador Ibaneis Rocha tendo em vista o belo trabalho e realizações nos últimos 3 anos e quase 10 meses em prol do Distrito Federal e acredito que sua reeleição é essencial para a continuidade desse projeto de resgate do Distrito Federal.

ZÉLIO MAIA DA ROCHA

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE