InícioPolíticaNa cidade natal de Lula, Bolsonaro critica corrupção nos governos petistas

Na cidade natal de Lula, Bolsonaro critica corrupção nos governos petistas

Presidente afirmou que o Auxílio Brasil de R$ 600 só é possível porque o governo dele "não rouba"

Na cidade natal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em Garanhuns, Pernambuco, durante a “Marcha para Jesus”, o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição ao Planalto, voltou a criticar a corrupção dos governos petistas. Sem citar diretamente o ex-presidente, Bolsonaro disse que o Auxílio Brasil de R$ 600 só é possível porque seu governo “não rouba”.

“Auxílio Brasil de no mínimo R$ 600,00. Só é possível porque esse governo não rouba, governo que não tem denúncia de corrupção e isso não é virtude. É obrigação de cada governo”, afirmou, sem mencionar os escândalos no Ministério da Educação durante seu governo.

Seguindo o tom mais crítico à gestão petista, Bolsonaro disse que quem “roubou a Nação no passado não merece mais voltar a ocupar um lugar de destaque no Planalto Central”. “Querem voltar à cena do crime, não conseguirão. Estamos aqui, porque acreditamos em vocês, acreditamos em Deus. Se Deus quiser, será no primeiro turno”, afirmou.

Apesar do otimismo do presidente para a eleição se encerrar com apenas um turno, as últimas pesquisas de intenção de voto sinalizam para a realização de dois turnos, com Lula (PT) à frente na disputa. Segundo pesquisa Datafolha divulgada na última quinta-feira, 15, o ex-presidente Lula lidera a disputa com 45% das intenções de voto, seguido de Bolsonaro (PL), com 33%. Contando apenas os votos válidos, sem nulos, brancos e indecisos, o levantamento mostrou Lula com 48% e Bolsonaro com 36%, apontando para a realização do segundo turno.

Durante seu discurso na Marcha para Jesus, em Garanhuns, Bolsonaro repetiu a defesa da pauta de costumes. “O Estado é laico, mas o presidente da República, seus ministros e candidatos são cristãos”, repetiu o presidente, enfatizando seu posicionamento contrário à legalização de drogas e do aborto e à ideologia de gênero”.

O presidente segue agora para o Recife, de onde parte para a Inglaterra, para o funeral da Rainha Elizabeth II, nesta segunda-feira, 19.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE