InícioMundoG-7 diz estar preocupado com ações ameaçadoras da China na região de...

G-7 diz estar preocupado com ações ameaçadoras da China na região de Taiwan

O comunicado é ainda assinado pelo Alto Representante da União Europeia (UE)

Os ministros de Relações Exteriores do G-7 divulgaram comunicado, no qual se dizem preocupados com “ações recentes e anunciadas ameaçadoras” da China em relação ao Estreito de Taiwan. A nota divulgada nesta quarta-feira (3) pelo grupo, formado por Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Reino Unido e Estados Unidos, é divulgada após visita da presidente da Câmara dos Representantes americana, Nancy Pelosi, exacerbar tensões entre Pequim e Taiwan e também entre chineses e americanos.

O comunicado é ainda assinado pelo Alto Representante da União Europeia (UE). Segundo o grupo, preocupa particularmente a realização de exercícios militares com munição de verdade e a “coerção econômica” exercida pela China, “com risco de escalada desnecessária”. Segundo o G-7, não é motivo para se usar uma visita como pretexto para “ação militar agressiva no Estreito de Taiwan”. A resposta chinesa eleva riscos de mais tensões e desestabilização na região, aponta o grupo.

O G-7 solicita ainda que a China “não mude de modo unilateral pela força o status quo da região” e pede que as diferenças no Estreito de Taiwan sejam resolvidas “pelos meios pacíficos”. O G-7 diz que não houve mudança nas políticas dos países do grupo em relação a uma China, “onde ela é aplicável”, bem como nas posições básicas sobre Taiwan.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE