InícioMeio AmbienteAmazônia perdeu mais de 2 mil campos de futebol por dia em...

Amazônia perdeu mais de 2 mil campos de futebol por dia em 2022, aponta Imazo​n

Em maio, o estado que mais desmatou foi Amazonas, onde o jornalista Dom Phillips e o indigenista Bruno Pereira foram assassinados

Apesar da explosão do desmatamento em 2021, o ritmo de destruição da floresta amazônica segue aumentando neste ano. Apenas nos cinco primeiros meses de 2022, a Amazônia perdeu mais de 2 mil campos de futebol por dia de mata nativa, a maior devastação dos últimos 15 anos para o período.

Foram derrubados 3.360 km² em apenas 151 dias, de janeiro a maio, uma área três vezes maior do que Belém. Os dados são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), que monitora a floresta por imagens de satélite desde 2008.

De acordo com os dados apenas de maio, o mês teve o pior índice na série histórica do monitoramento, que começou em 2008 e existe há 15 anos. Foram desmatados 1.476 km² de floresta, o que equivale a 44% do total registrado em 2022.  Em 2021, o mês de maio teve 1.125 km² de área afetadas pelo desmatamento. Em um ano, o crescimento foi de 31%.

De acordo com o monitoramento do Imazon, o Amazonas teve o maior aumento de desmatamento durante o mês de maio. Ao longo dos 31 dias, foram 553 km² apenas no estado – o que corresponde a 38% do desmatamento na região da Amazônia Legal durante o mês.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE