InícioGastronomiaApós criticar Bolsonaro, avaliação de restaurante da chef Paola Carosella cai

Após criticar Bolsonaro, avaliação de restaurante da chef Paola Carosella cai

Ex-apresentadora do Masterchef afirmou que apoiadores do governo são "ou escroto ou burro"

A chef de cozinha argentina, Paola Carosella se tornou alvo de grupos bolsonaristas nas redes sociais esta semana, após chamar de “escroto” ou “burro” pessoas que apoiam o governo Bolsonaro. Dona do restaurante Arturito, inaugurado em 2008 em São Paulo, Carosella afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) “não faz a mínima ideia do que está fazendo”.

A declaração foi feita durante um episódio do podcast DiaCast, onde foi perguntada sobre sua forma de lidar com bolsonaristas. “Não lido mais. Na família do meu sócio até tinha alguns, mas já mudaram. Eu acho que fica muito difícil se relacionar com quem apoia Bolsonaro por dois motivos: ou porque é um escroto ou é burro”, disse a chef.

Após a entrevista, as declarações de Carosella viralizaram nas redes sociais na segunda-feira, 23, com palavras como “escrota” e “argentina” entrando nos trending topics do Twitter. Em seguida, as avaliações de seu restaurante, Arturito, passaram de 4,5 estrelas para 1,7 estrela na terça-feira, 24.

Os comentários do local foram de 3,500 para 40 mil, onde apoiadores do presidente passaram a escrever coisas como “esquerdista” e “volta para a Argentina”. Entre os posts alguns associavam a cozinheira ao ex-presidente Lula: “o prato principal é pão com mortadela?”.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE