InícioMundoApós se espalhar na Europa, EUA confirma primeiro caso de 'varíola dos...

Após se espalhar na Europa, EUA confirma primeiro caso de ‘varíola dos macacos’

Segundo autoridades de saúde americanas, o paciente está internado em condição estável

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos está investigando um caso da chamada “varíola dos macacos”. O paciente é um homem adulto que havia viajado para o Canadá.

O paciente mora no estado de Massachusetts e as autoridades de saúde do estado já estão rastreando os últimos contatos dele para averiguar a cadeia de transmissão do vírus.

Em coletiva de imprensa, o dr. Paul Biddinger afirmou que o homem está internado em condições estáveis no Massachusetts General Hospital. O paciente está em uma sala de isolamento de infecções desde a última quinta-feira, 12.

Na Europa, diversos países registraram casos confirmados e suspeitos da doença. Em Portugal, houve 14 confirmações; no Reino Unido sete pacientes foram diagnosticados com a infecção e na Espanha 23 casos estão sendo investigados.

“Não está claro como as pessoas nesses grupos foram expostas à varíola, mas os casos incluem indivíduos que se identificam como homens que fazem sexo com homens”, disse a agência em um comunicado à imprensa.

A doença é considerada rara, porém, perigosa e semelhante ao vírus da varíola, agora erradicado. O vírus é transmitido normalmente de roedores para humanos, mas a transmissão entre pessoas pode ocorrer por meio de contato próximo.

“Muitos desses relatos globais de casos de varíola dos macacos estão ocorrendo dentro das redes sexuais. No entanto, os profissionais de saúde devem estar alertas a qualquer erupção cutânea que tenha características típicas da varíola dos macacos”, disse o Dr. Inger Damon, diretor da Divisão de Patógenos de Alta Consequência do CDC.

O vírus da “varíola dos macacos” também pode se espalhar através do contato com fluidos corporais, feridas ou itens como roupas e roupas de cama que foram contaminados com o vírus. Pode também se espalhar de pessoa para pessoa através de gotículas respiratórias, geralmente em um ambiente fechado, de acordo com o CDC.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE