InícioEconomiaIBGE: informalidade no setor da construção é maior nas regiões Norte e...

IBGE: informalidade no setor da construção é maior nas regiões Norte e Nordeste

Segundo o instituto, é preciso trabalhar e produzir políticas públicas para reduzir esse cenário

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) divulgou  dados inéditos do IBGE, o  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sobre a informalidade no setor da construção, de acordo com a pesquisa PNAD Contínua.

A região Sul apresenta menor informalidade dentro do setor, enquanto as regiões Norte e Nordeste, a maior informalidade. Ainda segundo a pesquisa, o percentual de pessoas na informalidade no Brasil é em torno de 68%.

Na região Norte, 80% das pessoas que trabalham na construção estão na informalidade; no Nordeste, 77% estão nesta situação, enquanto o Centro-Oeste está em terceiro lugar com 70% e, por último, a região Sul, com 50%.  

Os dados foram apresentados pelo diretor de pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo Pereira, que  disse  que o instituto tem um mapeamento muito claro de como está a informalidade no país, por UF e região metropolitana.

“Apesar de ser vista como um aparelho amortecedor da crise, no longo prazo a informalidade não é boa para ninguém, nem para o estado e nem para a sociedade, e afeta de forma importante a vida das pessoas”, destacou, enfatizando que é preciso trabalhar e produzir políticas públicas para reduzir essa informalidade.

Em 2021, a construção civil tinha uma população ocupada de 7,5 milhões de trabalhadores; desses, 3,8 milhões eram informais.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas Notícias

Publicidadespot_img
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE