InícioMundoPrimeira-ministra Sueca renuncia após oito horas no cargo

Primeira-ministra Sueca renuncia após oito horas no cargo

Magdalena Andersson não teve apoio na construção do orçamento proposto e renunciou horas depois de ser eleita

Oito horas após a sua eleição pelo Parlamento, a Primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, foi forçada a renunciar. Após a sua proposta para orçamento não ter sido aprovada.

Na própria quarta-feira (24), Andersson foi eleita como primeira-ministra da Suécia. Ela foi a primeira mulher a ocupar o posto de chefe de Governo do país da Escandinávia.

Ela recebeu 117 votos a favor e 174 votos contrários. Porém, na Suécia, não é preciso contar com a maioria do parlamento, apenas que menos de 175 parlamentares votem contra a eleição do candidato. 57 parlamentares ainda optaram pela abstenção.

A maior pressão para renúncia aconteceu depois do Partido de Centro anunciar que não apoiaria o orçamento colocado em pauta pela “nova-velha” Chanceler. A decisão de não corroborar com o orçamento proposto pela ex-primeira-ministra ocorreu porque Magdalena Andersson costurou um acordo com o Partido de Esquerda para conseguir a eleição para o cargo.

De acordo com informações obtidas pelo portal CNN Brasil, o governo atual sueco permanecerá como um governo interino até que um novo governo seja estabelecido no país. Antes de Magdalena ser eleita, 33 homens ocuparam o posto de primeiro-ministro do país. O último deles havia sido Stefan Löfven, do Partido Social-Democrata, que recentemente deixou o cargo.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Publicidadespot_img

Últimas Notícias