InícioBrasilAplicação da dose de reforço da Janssen deve ser adiada; governo decide...

Aplicação da dose de reforço da Janssen deve ser adiada; governo decide nesta quarta

O Ministério da Saúde aguarda uma reunião da Anvisa, que está marcada para hoje, quarta-feira (24), sobre o tema, para definir os próximos passos.

O Ministério da Saúde deve voltar atrás na orientação de aplicar duas doses de reforço da vacina da Janssen. A decisão agora está nas mãos do ministro Marcelo Queiroga definir quando será a publicação. A pasta aguarda uma reunião da Anvisa, que está marcada para esta quarta-feira, 24, sobre o tema, para definir os próximos passos. O ministro Marcelo Queiroga na semana passada havia anunciado que aqueles que tomaram a vacina de dose única receberia mais uma aplicação do mesmo imunizante após dois meses e teria mais um reforço cinco meses após as duas doses da Janssen.

A infectologista Joana Darc por sua vez relembra que essa não é a recomendação da fabricante. Segundo ela, a bula da vacina recomenda a aplicação da dose única, e que apenas agora, a pedido da farmacêutica, estudos estão sendo feitos para a aplicação da dose de reforço. “Até o momento, a recomendação da Janssen por bula é de que se faça somente uma dose da vacina. Somente agora foi apresentado um pedido para uma dose de reforço ao comitê de medicamentos em humanos. Essa análise está sendo realizada pautada nos dados que eles apresentaram e após essa análise de dados que vai ser autorizado ou não a aplicação da segunda dose, mas até o momento ainda está em análise, o mundo está aguardando essa resposta”, explica a infectologista.

Após a decisão do ministério da saúde em relação à Janssen, a Anvisa divulgou uma nota solicitando à pasta, os estudos que foram utilizados para embasar as decisões sobre a dose de reforço. Isso porque a agência não havia sido consultada previamente sobre a orientação e sequer havia recebido o pedido da farmacêutica.

Para os demais imunizantes aplicados no Brasil que são administrados com duas doses, a orientação contínua sendo uma dose de reforço para todos os adultos cinco meses após a conclusão do esquema vacinal. A preferência é que a vacina da Pfizer seja utilizada na aplicação desse reforço, podendo, na falta desta, ser aplicada a vacina da AstraZeneca ou a da Janssen.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Publicidadespot_img

Últimas Notícias