InícioDFPreso acusado de agredir mulher e matar vizinho a facadas no Guará

Preso acusado de agredir mulher e matar vizinho a facadas no Guará

O suspeito recebeu voz de prisão no Hospital de Base, onde permanece internado depois de ser perseguido e linchado por populares

Policiais civis da 4ª Delegacia de Polícia (Guará) prenderam, na noite de ontem, 21, um homem de 34 anos. Ele é acusado de ter matado um desafeto a facadas e por motivo fútil, no Guará.

Segundo as investigações, a vítima levou uma facada no peito quando tentava defender a companheira do acusado, que estava agredindo fisicamente a própria mulher. Depois do conflito, quando foi se desculpar por ter “se envolvido” na briga do casal, a vítima foi esfaqueada e morreu no local.

Após matar o desafeto, o suspeito conseguiu fugir mas foi alcançado por populares que o reconheceram e agrediram em via pública. Por conta das agressões, ele foi socorrido ao Hospital de Base, onde segue internado em estado grave. Lá mesmo ele recebeu voz de prisão.

Caso seja condenado, o acusado pode ficar preso por até 30 anos. Agora, a Polícia Civil aguarda a alta hospitalar para que ele seja transferido para o sistema prisional. A faca utilizada no crime ainda não foi localizada.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas Notícias