InícioEsportesCorinthians derrota Santa Fé e conquista tricampeonato da Libertadores Feminina

Corinthians derrota Santa Fé e conquista tricampeonato da Libertadores Feminina

A conquista do título pelas corintianas, que também levantaram o troféu em 2017 e 2019, vem como superação após a eliminação dolorida na semifinal na edição anterior

O Corinthians se sagrou tricampeão da Libertadores Feminina na noite deste domingo (21/11) ao derrotar o Independiente Santa Fé, da Colômbia, por 2 a 0, no estádio Gran Parque Central, em Montevidéu, no Uruguai. O time brasileiro garante o título com 100% de aproveitamento, seis vitórias em seis jogos, e se iguala ao São José como únicas equipes a conquistarem três vezes o torneio sul-americano.

A conquista do título pelas corintianas, que também levantaram o troféu em 2017 e 2019, vem como superação após a eliminação dolorida na semifinal na edição anterior, que aconteceu nos pênaltis. Para chegar ao título desta edição, o alvinegro foi líder do Grupo D na primeira fase e passou por Alianza Lima, do Peru, e Nacional, do Uruguai, nas fases de mata-mata.

Os gols neste domingo foram marcados por Adriana e Gabi Portilho Na semifinal, Adriana, autora de um dos gols do título, passou por um episódio lamentável de racismo contra o Nacional. Após fazer o sexto gol da goleada por 8 a 0, a brasileira foi chamada de “macaca” por uma jogadora do time uruguaio, o que gerou muita revolta durante a última semana.

Com a bola rolando, a primeira boa chance da final foi do Santa Fé, em um chutaço de fora da área feito por Salazar, que pegou no travessão corintiano. Mas o Corinthians mostrou ser letal no ataque. Adriana puxou contra-ataque em jogada individual, aos 9 minutos e ela mesma marcou o primeiro do jogo. Após cruzamento de Vic, Portilho ajeitou para trás e a própria Adriana completou de cabeça para o fundo das redes.

Em uma falha de comunicação da zaga brasileira, o Santa Fé ficou com o gol aberto para empatar. A bola sobrou limpa para Guarecuco, que bateu para fora, desperdiçando uma chance clara. Se defendendo bem, o Corinthians marcou o segundo gol em outro momento crucial do jogo, aos 41 minutos. Zanotti deu passe certeiro para Tamires na linha de fundo e a lateral cruzou na medida para Gabi Portilho mandar para o fundo das redes e aumentar a vantagem.

Assim como foi no primeiro tempo, o Santa Fé voltou perigoso para a etapa final, pressionando em busca do resultado. Aos 15 minutos, Gauto bateu de fora da área e levou muito perigo. O Corinthians, por sua vez, atacou pouco, mas conseguiu manter a solidez defensiva até o apito final para garantir o título.

Esta foi a segunda vez na história que Corinthians e Santa Fé se enfrentaram e a segunda vitória brasileira. Em 2017, também pela Libertadores, o Corinthians venceu por 2 a 1. A Ferroviária, que levantou a taça no ano anterior, ficou com o terceiro lugar desta edição da Libertadores.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Publicidadespot_img

Últimas Notícias