InícioPolíticaDelegado da PF afastado de inquérito é investigado pelo MPF

Delegado da PF afastado de inquérito é investigado pelo MPF

O ministro Alexandre Moraes, afastou o delegado Felipe Leal das investigações sobre a suposta interferência política do presidente

O Ministério Público Federal (MPF) investiga o delegado da Polícia Federal, Felipe Alcântara de Barros Leal, por provável improbidade administrativa. O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, afastou o delegado do inquérito que investiga o presidente Jair Bolsonaro, por interferência politica na corporação.

Felipe Alcântara foi excluído da condução do inquérito, em agosto, após pedir diligências que, segundo Moraes, não se relacionavam com o objeto original da investigação, aberta após a saída de Sergio Moro do governo Bolsonaro. A procuradora da República Melina Flores pediu acesso à íntegra do inquérito para comparar com as medidas tomadas pelo delegado e entender se eram, ou não, favoráveis à investigação. 

O requerimento foi endereçado ao ministro do Supremo. Ela também aguarda a cópia dos documentos produzidos por Leal. Segundo a procuradora, “os fatos narrados podem tratar de possível desvirtuamento da finalidade” do inquérito “e configurar atos de improbidade administrativa”. 

Por outro lado, a subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, pediu uma investigação à PF sobre possível abuso de autoridade do delegado. Ao afastar Leal, Moraes citou diligências que o delegado encaminhou e o ministro considerou inadequadas, como um pedido para que a PGR encaminhasse cópia de qualquer eventual procedimento instaurado para averiguar se a Agência Brasileira de Informações (Abin) e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) haviam buscado informações com o intuito de orientar a defesa do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) no caso das rachadinhas.  

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Publicidadespot_img

Últimas Notícias