Início Brasil Produção de petróleo em campos de partilha cai 66% de julho para...

Produção de petróleo em campos de partilha cai 66% de julho para agosto, diz PPSA

A retração foi provocada pela parada programada da Área de Desenvolvimento de Mero, na Bacia de Santos, segundo a Pré-sal Petróleo SA, responsável pela gestão dos ativos de pré-sal da União

0
Petrobras/Agência Brasil

A produção média diária dos contratos em regime de partilha foi de 13 mil barris por dia (bpd) em agosto deste ano, 66% menos do que a registrada em julho. Desse volume total, 8 mil bpd foram produzidos no campo Entorno de Sapinhoá e 5 mil bpd, em Tartaruga Verde Sudoeste.

A retração foi provocada pela parada programada da Área de Desenvolvimento de Mero, na Bacia de Santos, segundo a Pré-sal Petróleo SA (PPSA), responsável pela gestão dos ativos de pré-sal da União. A parada de Mero ocorreu por conta do encerramento do Sistema de Produção Antecipada 1 (SPA-1) e mudança de locação do FPSO Pioneiro de Libra para dar início ao SPA-2.

A PPSA informou ainda que a média diária do total do excedente em óleo da União, em agosto, foi de 5,6 mil bpd, relativo apenas ao contrato do Entorno de Sapinhoá, um resultado 40% inferior em relação ao mês anterior.

Desde 2017, início da série histórica, a produção acumulada em regime de partilha soma 58,3 milhões de barris de petróleo. A parcela acumulada do excedente em óleo da União no período é de 10,2 milhões de barris de petróleo.

Já a produção média diária de gás natural nos dois contratos com aproveitamento comercial do gás natural foi de 175 mil m³/dia, sendo 138 mil m³/dia em Entorno de Sapinhoá e 37 mil m³/dia em Tartaruga Verde Sudoeste. Em comparação com o mês anterior, o volume de gás disponível caiu 16,5%.

A média diária do total do excedente em gás natural foi de 97 mil m³/dia referente apenas ao contrato do Entorno de Sapinhoá, representando uma queda de 19% em relação ao mês anterior

Desde 2017, a produção acumulada soma 264 milhões de m³ de gás natural com aproveitamento comercial. O excedente em gás natural no mesmo período é de 87,7 milhões de m³.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.