spot_img
InícioTecnologiaPlataforma Lattes é restabelecida após duas semanas de instabilidade

Plataforma Lattes é restabelecida após duas semanas de instabilidade

Os sistemas do CNPq, como plataforma Lattes, enfrentam problemas desde 23 de julho, causando preocupação em pesquisadores

Após apresentar instabilidade desde o dia 23 de julho, a Plataforma Lattes foi restabelecida na noite deste sábado, 7, informou comunicado publicado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A Carlos Chagas, plataforma para gerenciar o pagamento de bolsas, também voltou a ficar disponível, mas com acesso parcial às funcionalidades.

Os sistemas do CNPq, entre os quais as plataformas Lattes e Carlos Chagas, enfrentam problemas desde 23 de julho, causando preocupação em pesquisadores. A instabilidade começou porque um repositório voltado para armazenar dados dos servidores (storage) apresentou problemas. Desde então, equipes do conselho têm trabalhado para a recuperação dos serviços.

Após cerca de dez dias indisponíveis, os currículos do Lattes voltaram a ficar liberados para consulta na última terça-feira, dia 3, mas ainda com acesso parcial. Com o restabelecimento da plataforma neste sábado, demais funcionalidades, como cadastro e atualização de instituições, voltaram a ficar disponíveis.

“Esse restabelecimento (do Lattes) inclui a possibilidade de atualização dos currículos e de cadastro de novos usuários”, acrescentou o CNPq em nota.

Ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o conselho informou que o serviço de extração do Lattes havia sido restaurado já na manhã de sábado.

Segundo o CNPq, a função permite a mais de 300 instituições de ensino e pesquisa “a extração dos currículos de seus pesquisadores, docentes e discentes”.

Em comunicado em vídeo divulgado na sexta-feira, dia 6, o presidente do CNPq, Evaldo Vilela, havia dito que o Lattes era a “prioridade absoluta” do conselho. Ainda reforçou que os problemas não haviam provocado perda de dados nos sistemas.

Plataforma para gerenciar o pagamento de bolsas a cientistas, a Carlos Chagas, cuja instabilidade também preocupava pesquisadores, voltou a ficar parcialmente disponível neste sábado. A página inicial do sistema está no ar, porém, ao acessar algumas das funcionalidades da plataforma, o usuário é direcionado para o informe de indisponibilidades dos sistemas feito pelo CNPq.

“É um momento difícil para todos nós, dada a importância do CNPq e de suas plataformas, do currículo Lattes”, disse Vilela ao fim do comunicado da sexta.

“Eu peço desculpas a todos os nossos usuários, nossos pesquisadores, estudantes, professores.”

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Publicidadespot_img

Últimas Notícias